Projeto D-NOSES

a a a

O projeto D-NOSES, financiado pela UE, foi lançado nos dias 25 e 26 de abril de 2018, no campus da University College London. O consórcio do projeto, coordenado pela Fundação Ibercivis (Espanha), é uma parceria de nível mundial composta por 15 parceiros que combina especialistas em Pesquisa e Inovação Responsável (RRI), ciência cidadã e co-criação, Associações Internacionais, cientistas de odores, universidades e PMEs, administração local e órgãos públicos de 9 países.

Em toda a Europa, a poluição por odores é a segunda maior razão para reclamações ambientais dos cidadãos, logo a seguir ao ruído. A exposição frequente ao odor está associada a dores de cabeça, stresse e problemas respiratórios.

Liderada pela Fundação Ibercivis, especialista em ciência cidadã e coordenada pela especialista em odores Rosa Arias, "o D-NOSES demonstrará que a poluição por odores é um indicador de grandes questões ambientais. Pode afetar a nossa saúde e também contribui para as alterações climáticas como no caso de aterros sanitários e instalações pecuárias”. Devido à falta de regulamentação, raramente são realizados estudos técnicos de modo que os dados sobre a poluição por odor são escassos. Sem dados, é difícil para os grupos afetados provar o impacto nas suas comunidades e promover a mudança.

O projeto D-NOSES irá fornecer uma solução para este problema amplamente negligenciado, invertendo a forma como os problemas de poluição por odores são normalmente analisados; mudando a abordagem tradicional de cima para baixo para uma abordagem de baixo para cima. O novo método capacitará os cidadãos usando plataformas e ferramentas participativas para os ajudar a promover a mudança, e aplicará um modelo hélice quádruplo de envolvimento social ao nível local, nacional e global. O projeto trabalhará com as comunidades locais afetadas para co-projetar intervenções científicas cidadãs em 7 países europeus e 3 países não europeus. Os cidadãos usarão ferramentas de mapeamento inovadoras para recolher informações sobre problemas de odores e co-criar soluções ad-hoc com organizações da sociedade civil, ONGs, autoridades públicas locais, indústrias emissoras de odores e instituições académicas. Com a criação de um novo Observatório Internacional de Odores, o D-NOSES garantirá o acesso público a informações sobre poluição por odores, permitindo às comunidades afetadas em todo o mundo a oportunidade de agir por conta própria.

O consórcio D-NOSES combina a experiência de 15 parceiros de 9 países:

• 4 de RRI, especialistas em criação e ciência do cidadão: Fundação Ibercivis (coordenadora, Espanha), Ideas for Change (Espanha), Mapeamento para a Mudança (Reino Unido), European Citizen Science Association (ECSA).

• 3 Associações Internacionais: Gabinete de Informação Mediterrânica para o Ambiente, Cultura e Desenvolvimento Sustentável (MIO-ECSDE), Associação Internacional de Resíduos Sólidos (ISWA), Associação Internacional dos Gestores de Odor Ambiental (AMIGO).

• 5 especialistas em odores, ambiente e sustentabilidade: Politecnico di Milano (POLIMI), Universidade de Kassel (DESEE), Associação Portuguesa de Engenheiros Ambientais (APEA), Environmetrics (ENV), Ecotrec (ECO).

• 3 administração pública local e organismos públicos: Câmara Municipal de São João da Madeira, Câmara Municipal de Sófia e LIPOR.

O projeto terá a duração de 3 anos e um financiamento de 3.158.612 € da Science with & for Society Call (SwafS) do Horizonte 2020 da União Europeia, ao abrigo do contrato de concessão nº 789315.

Saiba mais sobre o projeto D-NOSES.

voltar
Locais de deposição
Encontre o local mais perto de si para depositar seus resíduos.
Ecopontos
Ecocentros