O nosso Desempenho

a a a

A Pegada Carbónica da LIPOR

Face a 2006 (ano de referência para as metas da Estratégia 3M) a LIPOR registou um decréscimo nas emissões, tendo obtido em 2017 uma redução de 19,4%, tendo superado a meta proposta (16%).

Análise pelos diversos âmbitos de emissão:

Valores em t CO2eAno de referência
(2006)
201520162017 2006-2017
Âmbito 1 – Emissões Diretas401.011329.597328.697322.497-19,6%
Âmbito 2 – Emissões Indiretas (Eletricidade)1.7492.1662.8371.8324,8%
Âmbito 3 – Outras Emissões Indiretas 47181145194311,7%

Total de emissões GEE LIPOR

402.807331.945331.679324.524-19,4%

 

Emissões do Âmbito 1 – Emissões Diretas 

Analisando os diferentes âmbitos alvo de avaliação, pode-se verificar que 99,1% das emissões de GEE produzidas pela LIPOR são do Âmbito 1 – Emissões Diretas, particularmente as emissões oriundas da Central de Valorização Energética e do Confinamento Técnico.

Valores em t CO2e

Ano de referência
 (2006)

2015201620172016 - 2017
Âmbito 1 - Emissões Diretas401 011329.597328.697322.497-1,9% 
Tratamento/Valorização RSU399 635328.771327.520321.292-1,9%
Confinamento Técnico191 464115.958108.925103.728-4,8%
Valorização Orgânica4 3938.6117.5897.264-4,3%
Valorização Energética203 778204.202211.007210.300-0,3%
Consumo de combustíveis nas instalações805274588586-0,3%
Transportes e mobilidade5706195536195,2%

 

Face ao ano de 2006, concluiu-se que o principal contributo para a redução das emissões de GEE resulta da diminuição das emissões do Confinamento Técnico. Este decréscimo deriva do esforço da LIPOR na diminuição de deposição de resíduos em aterro e da melhoria dos processos de queima de biogás e contribuiu significativamente para o cumprimento das metas definidas na Estratégia 3M - menos Resíduos, menos Carbono, mais Clima.


Emissões do Âmbito 2  – Emissões Indiretas 

Durante o ano de 2016, a LIPOR aumentou o consumo total de energia em virtude de:

  • um maior consumo de gás natural, na Central de Valorização Orgânica, devido ao aumento da quantidade de produto granulado, bem como devido as 2 paragens técnicas registadas na Central de Valorização Energética; 
  • um aumento de consumo de combustível (gasóleo) devido à receção de uma maior quantidade de resíduos rececionados no Aterro Sanitário em virtude das 2 paragens técnicas da central de valorização Energética;
  • em relação ao consumo de eletricidade no Aterro Sanitário, verificou-se um aumento significativo, o qual não está diretamente relacionado com a quantidade de lixiviados tratados, mas sim com as condições meteorológicas (um ano mais quente implica um maior arejamento no tratamento biológico e consequentemente um maior consumo energético).

Relativamente ao consumo de energia elétrica, no polo de Baguim do Monte, foi celebrado um contrato de aquisição de energia elétrica produzida a partir de fontes de energia 100% renováveis. Esta medida permitiu reduzir as emissões desta instalação em 43%, face ao ano transato. 

As emissões de GEE foram, ainda, ainda significativamente afetadas pelo agravamento dos fatores de emissões devido à menor utilização da energia hídrica a nível nacional.

Todos estes fatores já não se verificaram em 2017 pelo que os valores desceram novamente. 

Valores em t CO2e
Ano de referência 
(2006)
2015201620172016 - 2017
Âmbito 2 - Emissões Indiretas (Eletricidade)1.7492.1662.8371.832-35,4%
Central Valorização Orgânica (CVO)1.1171.6142.3351.663-29%
Central Valorização Energética (CVE)0,0024540-100%
Confinamento Técnico (CT)0,00127221170-23%
Lipor (Baguim do Monte)4014012270

-100%


Emissões do Âmbito 3  – Outras Emissões Indiretas 

Relativamente às emissões do Âmbito 3 – Outras Emissões Indiretas, apesar da sua diminuta contribuição para as emissões totais da LIPOR, verificou-se um aumento das emissões em virtude do aumento proveniente do transporte de escórias e sucatas.

Valores em t CO2e
Ano de referência 
(2006)
2015201620172016 - 2017
Âmbito 3 – Outras Emissões Indiretas4718114519434,2%
Deslocações em Serviço47395237-29,1%
Frota de terceiros (transporte de Escórias e sucata)n.d1429315769,8%


O Âmbito 3 já contabiliza uma percentagem bastante elevada do total de emissões em virtude do alargamento do Âmbito 3 por aplicação  do GHG (Protocol Value Chain Standard), sendo a categoria com mais peso a C.10 - Processamento de Produtos Intermédios, associadas ao processo de Reciclagem Multimaterial.

Em 2017, o Inventário Emissões de GEE LIPOR já reflete e contabiliza praticamente toda as emissões da sua Cadeia de Valor (como por exemplo, da extração da energia primária até à reintrodução dos materiais reciclados, nas suas várias fileiras, nos setores produtivos).


Por se tratar de atividades que não foram consideradas na definição das metas de redução definidas pela LIPOR, na Estratégia 3M- menos resíduos, menos carbono, mais clima estas emissões não são contabilizadas para efeitos de avaliação do cumprimento das metas.


Balanço resumo das emissões de GEE da LIPOR 2017:

 

Para cumprimento das metas estabelecidas na Estratégia 3M, estas são as categorias de emissão que são contabilizadas para avaliação do cumprimento de metas tendo por base os resíduos rececionados provenientes dos oito municípios da LIPOR.

 

Alargamento do Âmbito 3 - Outras Emissões Indiretas

A contabilização integral das emissões da Cadeia de Valor da LIPOR é um processo complexo, que exige um esforço considerável de recolha de informação. O próprio GHG Protocol Value Chain Standard recomenda que as empresas adotem uma abordagem faseada para a expansão do Âmbito 3 do seu inventário, identificando em primeiro lugar os objetivos que pretendem atingir com o processo. Neste sentido, em 2013, da LIPOR iniciou a expansão do seu inventário do Âmbito 3 de forma faseada (ao longo de um período de 4 anos) e de acordo com a aplicação do GHG Protocol - Corporate Value Chain (Scope 3) Accounting and Reporting Standard. As atividades a desenvolver em cada ano obedecem às prioridades definidas para a contabilização e reporte das categorias de emissões relevantes para a atividade da LIPOR.


 Notas Metodológicas 

 
 O nosso Desempenho 
 
 

voltar
Locais de deposição
Encontre o local mais perto de si para depositar seus resíduos.
Ecopontos
Ecocentros